Engano do teu rosto


Colecção Particular/Tinta da China

1 comentário:

_little.curl_ disse...

olaa =)

' o velho e a morte '

Morri.
Perdi-me entre horizontes,
perdi-me entre recordações.
Será que se nota muito?
Estarei diferente, pobre e feio?
oh, e o meu rosto?
Aquele rosto de ganapo bem cuidado?
Será que mudou?
Aquele rosto que chamava a atenção.
Já não é o mesmo.
Agora frio, magro, enrugado.
Perdi-me.
Perdi toda a magia de um homem bem cuidado.
Estarei quase morto?
Sufocado entre as lágrimas da derrota.
com a chegada ao destino cada vez mais próxima.
O medo cerca-me, leva-me ás estribeiras, ao meu cais.
Quanto tempo me restará?
E será, que a velhice já me entitulou?
Serei eu, olhado como um velho?
um pobre velho, a apodrecer.
Não, não pode.
sou ainda alguém, cada vez mais perto de não viver.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...